Baile....

Baile, baile. bailarino.

durante toda a noite até de manhã,

não pare. Baile sobres a montanhas,

e se você bailar sobre as ondas do mar,

eu irei lhe assistir, a noite até de manhã.

pegue o céu com as mãos ...

voe mais alto que os aviões sobre o céu...

não pare... baile, não tenha medo

se a noite é fria e escura... não pense.

no destino apontado contra você,

baile sob o mistério,

neste mundo que queima rápido

o que ontem era verdadeiro, não será verdade amanhã.

Eis o mistério:

sob o céu de ferre e gesso, o homem consegue amar assim mesmo,

e ama de verdade,

sem nenhuma certeza, Baile sobre mar, sobre o amar,

e se você bailar sobre as ondas do mar,

eu irei lhe assistir, a noite até de manhã.