Todas as coisas

Todas as coisaas, sem tempo de sentir,

sem música para ouvir, sem nada para sentir.

Com tudo para viver, com nada para agarrar,

todas as coisas, sem nada para entender,

hoje o mundo para o sentimento parou...

a perplexidade perdeu-se, o sentimento voou....

todas as coisas ao mesmo tempo, todas as coisas....

perdem o sentido, perdem o sentimento,

perdem o desespero, todo sentido....

perde a alma, perde o complexo, fica perplexo.....

para do no tempo, parado na vida,

sente, não entende, perde, não explode,

reconquista.... todas as coisas jogadas ao ar,

jogadas no passsado, sentem, não entendem.....

mas.... encontram-se. todas as coisas ao mesmo tempo agora.